História - Parte II (1981-1997)

 

 

1981

- O programa Os Trapalhões estava agora com a direção de Adriano Stuart (Antes fazia parte da equipe de criação).

- Os Trapalhões completam 15 anos de existência e uma homenagem a eles é prestada no especial "Os Trapalhões 15 anos" em julho. Das 12h às 20h, a TV Globo reuniu jornalistas e atores famosos para o evento e exibiu o documentário O Mundo Mágico dos Trapalhões. Enquanto isso, o quarteto recebia o público em um estádio da cidade de Niterói no estado do Rio de Janeiro.

1982

- O programa Os Trapalhões é reformulado. Passa a contar agora com uma plateia e é gravado no Teatro Fênix no Rio de Janeiro.

 

1983

- O programa Os Trapalhões tem nova direção: Gracindo Júnior. Na redação: Carlos Alberto de Nóbrega.

- Os Trapalhões se separam em julho. O motivo: Dedé, Mussum e Zacarias acusavam Renato Aragão de sempre levar a maior parte do bolo da renda. Renato Aragão filma, nesse período, "O Trapalhão na Arca de Noé" com participação especial de Sérgio Mallandro. Já seus companheiros Dedé, Mussum e Zacarias rodam "Atrapalhando a Suate" através da produtora que criaram: a DEMUZA.

- A TV Globo passa a exibir reprises do programa Os Trapalhões por alguns meses. Dedé, Mussum e Zacarias permaneciam na emissora carioca participando de humorísticos como, por exemplo, "A Festa é Nossa".

- No final do ano, os Trapalhões se reconciliam através da intervenção direta de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o "Boni".

1984

- Após a reconciliação, os Trapalhões voltam à tela da TV Globo em 25 de março. Durante o programa, o quarteto se emociona e se reapresenta ao público.

- O programa Os Trapalhões estava agora sob a direção de Paulo Araújo. Na redação, Renato Aragão, Carlos Alberto de Nóbrega, entre outros.

- Os Trapalhões rodam Os Trapalhões e o Mágico de Oróz com a DEMUZA de Dedé, Mussum e Zacarias como uma das produtoras do filme.

1985

- O desenhista Maurício de Sousa transformou o quarteto em desenho no filme Os Trapalhões no Rabo do Cometa.

1986

- O programa Os Trapalhões estava agora com a direção de Walter Lacet. Em agosto, passa a dirigir o programa Carlos Manga.

- Os Trapalhões completam 20 anos de existência com o especial "20 Anos Trapalhões – Criança Esperança" em dezembro. A partir deste especial, a TV Globo passou a exibir todos os anos a campanha Criança Esperança.

1988

- Wilton Franco substitui Maurício Tavares na direção do programa Os Trapalhões. Tavares havia ocupado a direção em 1987. Com Franco no comando, o programa volta a ser gravado no Teatro Fênix no Rio de Janeiro, tendo a participação do auditório e um cenário branco e azul como novidades. Esta fase permaneceu até 1990.

- Os Trapalhões desfilam no Carnaval carioca através da escola de samba Unidos do Cabuçu. O samba-enredo da escola era o Mundo Mágico dos Trapalhões.

1990

- Mauro Faccio Gonçalves, o Zacarias, falece aos 56 anos de idade na cidade do Rio de Janeiro. Foi sepultado em sua cidade natal, Sete Lagoas.

- O programa Os Trapalhões é quase que totalmente reformulado a começar pela vinheta de abertura.

1991

Os Trapalhões completam 25 anos de existência com um programa especial chamado de "Os Trapalhões 25 anos". Dessa vez, a TV Globo presta homenagem ao grupo com uma programação especial com duração de 25 horas que se iniciou no sábado, dia 27 de julho.

- É rodado o último filme do grupo tendo como temática a natureza: "Os Trapalhões e a Árvore da Juventude".

1992

- Estreiam em Os Trapalhões os quadros Vila Vintém e Agência Trapa Tudo.

1993

- Nova reformulação no programa Os Trapalhões: a plateia é retirada e novos quadros como Os piratas e Nos cafundós do brejo (Com Didi vivendo em um oásis na seca do sertão nordestino) são adicionados. 

1994

- Antônio Carlos Bernardes Gomes, o Mussum, falece aos 53 anos de idade na cidade do Rio de Janeiro após não resistir a um transplante de coração.

- A TV Globo exibe reprises de quadros do programa de 1977 até os anos 1990.

1995

- Sob direção de Paulo Aragão Neto, filho de Renato Aragão, o programa Os Trapalhões vai ao ar com os humoristas Didi e Dedé fazendo brincadeiras com a plateia e apresentando reprises de quadros. Não resistiu durante muito tempo e acabou em agosto. Era o fim do programa no Brasil.

- Nesse mesmo ano, Renato Aragão, Dedé Santana e Roberto Guilherme atuam em Portugal com o programa Os Trapalhões em Portugal.

1996

- Renato Aragão e Dedé Santana são apresentadores da campanha do Criança Esperança e junto com ela comemoram os 30 anos dos Trapalhões.

1997

- Renato Aragão e Dedé Santana anunciam oficialmente o fim do grupo os Trapalhões.

 

<- PARTE I  •  PARTE III - >


Banner de divulgação (Tamanho 468x63)


© Copyright  - Página feita no Brasil - Desde 15 de dezembro de 2008

Melhor visualização em telas de 1280x768