O Rei e os Trapalhões

O REI E OS TRAPALHÕES (1979)

   

Renato Aragão, Dedé Santana, Antonio Carlos "Mussum" e Mauro Gonçalves "Zacarias".

 

   

Atuações especiais: Mário Cardoso (Como o Rei Amad), Heloísa Milet (Como Alina) e Carlos Kurt (Como o Grão-vizir Jafar e o Detetive Azevedo).

  

Participações especiais: Felipe Levy (Como o Sultão), Tony Vermont (Como o Gênio) e Dino Santana.

Sinopse: O Grão-Vizir Jafar trapaceia e retira o Rei Amad de seu trono. O rei consegue fugir da prisão com a ajuda dos famosos ladrões do reino: Abul, Abel, Abol e Abil, que irão lhe ajudar a retornar ao trono.

Ficha técnica:

- Direção: Adriano Stuart

- Produção: Renato Aragão Produções

- Elenco: Renato Aragão, Dedé Santana, Antonio Carlos "Mussum", Mauro Gonçalves "Zacarias", Mário Cardoso, Heloísa Milet, Carlos Kurt, Philippe Levy, Miryam Thereza, Hélio Ribeiro, Dino Santana, Tony Vermont.

- Argumento e roteiro: Renato Aragão

- Colaboração: Victor Lustosa

Baseado em Ladrão de Bagdá

- Letra tema: Carlinhos Borba Gato

- Cenografia: Paulo Netto, Jorge, Peré e Keko.

- Still: Ricardo Rangel Aragão (Caxa Aragão)

- Som direto: José Tavares

- Diretor de produção: Hélio Ribeiro

- Montagem: Manoel Oliveira

- Produção executiva: Antonio Rangel Pereira (Del)

- Música: Beto Strada

- Direção de produção: Paulo Aragão Neto

- Diretor de fotografia: Antonio Gonçalves

- Montagem: Raimundo Higino

- Trucagem: Movedoll

- Assistente de direção: Dedé Santana

- Duração: 83 min.

 

Público: 4 milhões e 240,6 mil espectadores*

(*Dados da Embrafilme S.A.).

 

Curiosidades:

 

- Baseado no filme britânico Ladrão de Bagdá (The thief of Bagdad, em inglês), de 1940. Trata-se de uma regravação do filme mudo The thief of Bagdad (1924). Ambos são baseados na obra As mil e uma noites.

Essa regravação ganhou 03 Oscars e teve no elenco as atuações de John Justin (Rei Ahmad), do ator alemão Conrad Veidit (Jafar) e do ator hindu Sabu Dastagir (Abu).

No Brasil, antes mesmo deste filme dos Trapalhões, os humoristas Grande Otelo e Ankito gravaram Ladrão de Bagdá, o magnífico (1975).

- Os Trapalhões interpretam neste filme os seguintes personagens: Abul (Renato Aragão), Abel (Dedé), Abol (Mussum) e Abil (Zacarias).

- A produção foi filmada parcialmente no Marrocos. Conta-se que as filmagens ocorreram durante o mês arábe do Ramadã, o qual, pela religião islâmica, é dedicado ao jejum e fica proibido o consumo de bebidas alcoólicas. No entanto, nos bastidores do filme o ator Antonio Carlos, o "Mussum", convidou todos a beber.

- Terceiro filme do ator português Mário Cardoso junto com os Trapalhões.

- Uma dúvida no filme paira com relação ao ano de sua produção: 1979 ou 1980? Oficialmente, pela Embrafilme, a produção foi gravada em agosto de 1979 e foi lançada e exibida nos cinemas do Brasil em janeiro do ano seguinte. Por causa disso é que os Trapalhões e outros personagens mencionam várias vezes que o futuro ao qual foram mandados é o ano de 1980. Ficaria para o público meio que ultrapassado se dissessem 1979. E o local do futuro não poderia ser outro: a cidade do Rio de Janeiro.

 

- Não podia faltar em uma produção dos Trapalhões um merchandising. Estando no futuro o quarteto aproveita para furtar uma caixa com várias garrafas do refrigerante Pepsi.

- Além de atriz, Heloísa Milet é bailarina e, por isso, a cena em que dança um balé para o Sultão (seu pai), Jafar e os capangas foi muito realista.

- Carlos Kurt faz papel duplo: além de Jafar, interpreta o detetive Azevedo no futuro. Assim como ele, Dino Santana e Mário Cardoso também interpretam dois personagens cada um.

- Participação especial da atriz Miryam Thereza, filha do falecido humorista Oscarito. Interpretou neste filme a dama de companhia da personagem Alina, interpretada por Heloísa Milet.

 

- O local onde Abel (Dedé Santana) e os capangas do detetive Azevedo estão brigando já apareceu em um quadro do programa Os Trapalhões da TV Globo em 1979.

Confira no vídeo abaixo este quadro e compare com a foto (do lado esquerdo) do filme os seguintes elementos: as escadas, as plantas e o pequeno lago no formato de um trevo de quatro folhas.


Banner de divulgação (Tamanho 468x63)


© Copyright - Página feita no Brasil - Desde 15 de dezembro de 2008

Melhor visualização em telas de 1280x768