A Princesa Xuxa e Os Trapalhões

 

A PRINCESA XUXA E OS TRAPALHÕES (1989)

    

Renato Aragão, Dedé Santana, Antonio Carlos "Mussum", Mauro Gonçalves "Zacarias".

Atuação especial: Xuxa Meneghel (Como a Princesa Xeron).

Atuação especial: Paulo Reis (Como Ratam).

 

Sinopse: Ratam mata o rei e se apodera do planeta Antar escravizando crianças nos campos de trabalho forçado. No entanto, a princesa Xeron imagina que todos são felizes. Após 10 anos - e depois de terem perdido a princesa de vista quando esta ainda era criança -, os príncipes Dedeon, Mussaim e Zacaling encontram o Cavaleiro Sem Nome - posteriormente ganha o nome de Diron - e informam a ele sobre as atrocidades de Ratam. Juntos decidem combaté-lo e libertar o planeta Antar.

Ficha técnica:

- Direção: José Alvarenga Jr.

- Produção: Renato Aragão Produções.

- Co-produção: ZDM e Xuxa Produções.

- Produtor: Paulo Aragão Neto.

- Elenco: Renato Aragão, Dedé Santana, Antonio Carlos "Mussum", Mauro Gonçalves "Zacarias", Xuxa Meneghel. Participação especial: Paulo Reis. Apresentando: Trio da Alegria: Juninho Bill, Rubinho e Amanda.

- Argumento: Renato Aragão.

- Roteiro: Mauro Wlson, Paulo de Andrade, Carlos Alberto Diniz, Roberto Silveira.

- Abertura e efeitos de animação: Sketch filmes.

- Direção Geral: César R. Sandoval.

- Direção de animação: Mario Mattoso Neto, Airon B. de Lacerda.

- Direção de produção: Jane Guerra Peixe.

- Direção musical: Ricardo Aragão.

- Trilha sonora: Jota de Moraes.

- Montagem: Diana Martins Ferreira.

- Som direto: José Tavares

- Maquiagem: Antonio Pacheco.

- Cenografia: Eugênio Luís.

- Figurino: Sandro Dutra.

- Produção comercial: Paulo Cézar Buchi (R.A.).

- Supervisor de produção: Denise Aragão (R.A.).

- Administrador da produção: Ponto Filmes.

- Produção executiva: Carlos Alberto Diniz e Heraldo Born.

- Direção de arte: Yurika Yamasaki.

- Diretor de fotografia: Nonato Estrela

- Duração: 99 min.

 

Público: 4 milhões e 018,8 mil espectadores*

(*Dados da Embrafilme S.A.).

Curiosidades:

- A abertura do filme é um desenho animado - com duração de 2 minutos e 30 segundos - com traços de César Sandoval, a exemplo do filme anterior - O casamento dos Trapalhões.

Assista abaixo ao vídeo da abertura do filme

 

- Nos créditos da abertura aparecem os nomes Dedé Sant'Anna e Zacaria (Sem o "s") ao invés dos habituais Dedé Santana e Zacarias.

- Apesar do filme levar o título de Princesa Xuxa, o nome da personagem na produção é Princesa Xeron.

- Em 1989, A Princesa Xuxa e Os Trapalhões estreou em 140 cinemas de todo o Brasil.

- A produção foi realizada em 9 semanas e meia.

- O cenário intergalático do planeta Antar era, na realidade, as areias da Barra da Tijuca nos estúdios da Renato Aragão Produções.

- Este talvez seja o filme dos Trapalhões com o maior número de merchandisings. Confira:

1º) Logo na abertura aparece uma propaganda embutida do caldo de galinha Maggi tendo como estrela a galinha branca e azul símbolo do produto. E, mais adiante, surgem duas caixas deste mesmo produto da Maggi.

Aliás, é a própria galinha que aparece de um foguete para avisar aos Trapalhões sobre o sequestro da princesa Xuxa por soldados de Ratam.

 

 

2º) Didi está na sua nave com várias crianças e Xuxa. Uma delas aperta um botão e aparece um lata de refrigerante da marca Coca-Cola.

Uma outra curiosidade é que esta mesma lata de refrigerante que aparece no filme tem o formato igual às primeiras latinhas que a Coca-Cola lançou - e inventou - em 1981 nos Estados Unidos. A Pepsi lançaria as suas em 1987.

 

 

 

 

 

3º) Nos créditos finais, aparece a cena do ônibus da empresa São Geraldo e, no primeiro plano, uma mesa com pacotes da marca Café Pelé, uma caixa de refrigerante da marca Indaiá e uma lata com a inscrição Cersa.

Após o ônibus parar, várias pessoas aparecem mostrando pacotes da marca Café Pelé, refrigerantes da Indaiá e apontando para bonés e camisas com a inscrição Cersa.

Tudo isso leva a conclusão que trata-se de mais um merchandising dentro dos Trapalhões. O mais estranho é que este foi posto nos créditos finais.

 

 

- Quando Didi está na sua nave com as crianças e Xuxa, uma delas segura um adesivo com os dizeres: BOTAFOGO, CAMPEÃO 2010.

 

 

 

- E uma das cenas mais engraçadas do filme é a festa à fantasia onde Mussum se veste de frango assado e chega a sambar e pedir um canudinho ao garçom para tomar um "mé"; Zacarias é a Miss Antar; e Dedé é um estiloso Elvis Presley. Somente Didi está com vestimentas mais "discretas".

 

 

 

 

ASSISTA AO VÍDEO ABAIXO

 


Banner de divulgação (Tamanho 468x63)


© Copyright  - Página feita no Brasil - Desde 15 de dezembro de 2008

Melhor visualização em telas de 1280x768