O Trapalhão no Planalto dos Macacos

 

O TRAPALHÃO NO PLANALTO DOS MACACOS (1976)

   

Renato Aragão, Dedé Santana e Antonio Carlos "Mussum".

  

Atuações especiais: Carlos Kurt (como o Professor Bicard), Alam Fontaine (como Rodrigo) e Fátima Leite (como Hula).

  

Atuações especiais: Carlos Kurt (como Guerreiro), Rosina Malbouissom (como a rainha Cacenique) e Olívia Pineschi (como N'komo).

Sinopse: Conde e Alex estão em um motocicleta e são confundidos pelo Guarda Azevedo como ladrões de uma joalheria. Durante a fuga, os três entram em um balão e vão parar em um local habitado por macacos.

Ficha técnica:

- Direção: J.B. Tanko.

- Produção: J.B. Tanko Filmes e Embrafilme.

- Elenco: Renato Aragão, Dedé Santana, Antonio Carlos "Mussum", Carlos Kumstat, Milton Carneiro, Alam Fontaine, Fátima Leite, Rosina Malbouissom, Olívia Pineschi, Renato Bastos, Vera Papua, Milton Carneiro, Ferreira Duarte, Maçaroca, Índio Colombiano, Quim Negro, Salvador Renegado, Celso Magno Hofacker Rossato (Baiaco).

- Roteiro: J.B. Tanko.

- Diretor de fotografia: Antônio Gonçalves.

- Edição e montagem: Manoel Oliveira.

- Figurino: Selma Paiva.

- Desenho de produção: Régis Monteiro.

- Música: Conjunto Gota d'Água.

- Duração: 85 min.

 

Público: 4 milhões e 566,8 mil espectadores*

(*Dados da Embrafilme S.A.).

 

Curiosidades:

 

- Baseado na famosa produção cinematográfica O Planeta dos Macacos. O primeiro filme, titulado de O Planeta dos Macacos ("Planet of the Apes", em inglês), é de 1968 e teve como personagem principal o já falecido ator Charlton Heston.

Devido ao seu grande sucesso, foram produzidos mais quatro: De volta ao Planeta dos Macacos, 1970 (em inglês, "Beneath the Planet of the Apes"), Fuga do Planeta dos Macacos, 1971 (em inglês, "Escape from the Planet of the Apes"), A Conquista do Planeta dos Macacos, 1972 (em inglês, "Conquest of the Planet of the Apes") e Batalha no Planeta dos Macacos, 1973 (em inglês, "Battle for the Planet of the Apes").

Foi produzido também um seriado de TV exibido nos Estados Unidos em 1974 com apenas 13 episódios.

- Primeiro filme de Mussum em Os Trapalhões.

- Os Trapalhões interpretam neste filme os seguintes personagens: Conde (Renato Aragão), Alex (Dedé Santana) e Guarda Azevedo (Mussum).

- Merchandisings durante o filme: ônibus da Viação Itapemirim (Inclusive Didi e Dedé pilotam a motocicleta em um pátio repleto de uma frota de ônibus da empresa), caixas da Ito Ovos S.A. (Existente ainda hoje, com sede na cidade de São Paulo) e cartazes do Guaraná Brahma que na época patrocinava a Fórmula I.

- O filme parodia também o clássico Tubarão (1975), de Steven Spielberg. O tubarão utilizado, no entanto, é tosco e trash: é laranja, possui nariz preto e lábios vermelhos!

- Carlos Kumstat é o mesmo ator Carlos Kurt. Neste filme atua em um papel duplo: interpreta o Professor Bicard e o macaco Guerreiro.

- Participações especiais da atriz portuguesa Rosina Malbouissom (Também atuou em Simbad, o marujo Trapalhão e Os Trapalhões na Serra Pelada) e do já falecido ator Milton Carneiro (1923-1999), que interpreta neste filme o delegado de polícia.

- Os Trapalhões e o ator Alam Fontaine aparecem no balão vestidos de macacões com os escudos da antiga CBD (Confederação Brasileira de Desportos, atual CBF), do América Futebol Clube, do Fluminense, do Vasco da Gama, do Flamengo e do Botafogo.

- Atuação especial da atriz Fátima Leite interpretando a personagem Hula. Por incrível que pareça ela não está nos créditos do filme, embora seja uma das protagonistas. Alguns sites e até livros creditam equivocadamente como sendo a atriz Vera Papua.

Segundo o IMDB, nasceu em 1953 na cidade de Além Paraíba (Estado de Minas Gerais). Atuou em diversos filmes, grande parte eróticos em pequenos papéis envolvendo cenas de nudez, como "Com um grilo na cama" (1975), "As massagistas profissionais" (1976), "Os amores da Pantera" (1977, baseado no assassinato de Ângela Diniz) como Irene, "Eu matei Lúcio Flávio" (1979), "Bordel - Noites proibidas" (1979) como Hortência, e "Momentos de prazer e agonia" (1983).

Seu último registro como atriz foi no filme "A boca do prazer" de 1984. Depois disso não se sabe mais de seu paradeiro.

- Boa parte das filmagens, principalmente do tal Planalto dos Macacos, foi feita em uma pedreira do bairro de Jacarepaguá, na cidade do Rio de Janeiro.

- Durante uma confusão no balão há um erro de edição. Quando Conde (Renato Aragão) atira a fumaça do extintor de incêndio pra todo lado, aparece por algum instante uma das câmeras do filme. No take seguinte, o cameraman já grava a cena da fumaça do extintor vindo em sua direção.


Banner de divulgação (Tamanho 468x63)


© Copyright - Página feita no Brasil - Desde 15 de dezembro de 2008

Melhor visualização em telas de 1280x768