O Casamento dos Trapalhões

 

O CASAMENTO DOS TRAPALHÕES (1988)

    

Renato Aragão, Dedé Santana, Antonio Carlos "Mussum", Mauro Gonçalves "Zacarias".

  

Atuações especiais: Nádia Lippi (como Joana), Luciana Vendramini (como Denise) e Patríca Lucchesi (como Ana).

  

Atuações especiais: José de Abreu (como Expedito), Gugu Liberato (como Gugu Liberato) e o Grupo Dominó (Afonso, Marcos, Nill, Marcelo).

 

Sinopse: Os Trapalhões moram no campo e arrumam suas futuras esposas uma vez estando na cidade. O problema é que Expedito convence os pais das moças que o quarteto, junto com o Grupo Dominó, as raptaram.

Ficha técnica:

- Direção: José Alvarenga Jr.

- Produção: Renato Aragão Produções, ZDM, Columbia Pictures e ART Films.

- Produtor: Paulo Aragão Neto.

- Elenco: Renato Aragão, Dedé Santana, Antonio Carlos "Mussum", Mauro Gonçalves "Zacarias". Com a participação do Grupo Dominó. Nádia Lippi, Marlene Silva, Terezinha Elisa, Suzana Mattos, Luciana Vendramini, Patrícia Lucchesi, Tatiana Delamare, Helga Gahyma, José de Abreu. Participações especiais: Zezé Macedo e Gugu Liberato.

- Argumento: Renato Aragão

- Roteiro: Mauro Wilson, Paulo Andrade e Carlos Alberto Diniz

- Diretores assistentes: Jessel Buss e Luiz Henrique Fonseca

- Continuidade: Denise Romita Aragão

- Músicas: "Novas vidas", de Renato Aragão (Música tema), e "O casamento dos Trapalhões", de Michael Sullivan e Paulo Massadas.

Em discos e fitas Polygram agradecemos à CBS pela cessão do Grupo Dominó

- Edição de som: Carlos Cox

- Efeitos sonoros: Geraldo José

- Figurino: Sandro Dutra

- Cenografia: Oswaldo Lioi e Eugênio Luiz

- Abertura: Sketch

- Direção de animação: Alexandre Calheiros, Cleiton Cafeu e Robert J. Sprathoff

- Som direto: José Tavares

- Direção musical: Renato Aragão

- Supervisão de produção: Heraldo Born, Pedro Wilson Leitão e Antonio Passos

- Produtor delegado: Marco Aurélio Marcondes

- Produção executiva: Carlos Alberto Diniz e Ponto Filmes

- Montagem: Diana Vasconcelos

- Direção de arte: Yurika Yamasaki

- Direção de fotografia: Nonato Estrela

- Segundo câmera: Nélio Ferreira

- Primeiro assistente de fotografia: Luiz Abramo

- Still: Delfina Rocha

- Microfonista: Alberto Alves

- Duração: 86 min.

 

Público: 4 milhões e 779,0 mil espectadores*

(*Dados da Embrafilme S.A.).

Curiosidades:

- História baseada no filme musical Sete noivas para sete irmãos (em inglês, "Seven brides for seven brothers"), de 1954, com as atuações de Howard Keel e Jane Powell.

- Nos créditos da abertura aparece o nome Zacaria (Sem o "s") ao invés do habitual Zacarias.

- A abertura do filme é um desenho animado - com duração de 2 minutos e 34 segundos - com traços de César Sandoval.

- Era exibido nos cinemas, antes da abertura, o comercial da marca Conguinha com a participação dos Trapalhões. Nas exibições do filme na TV Globo e no DVD lançado pela Europa Filmes o comercial não foi inserido.

- Luciana Vendramini participou desta produção após posar nua para a revista Playboy em 1987. Posteriormente, descobriu-se que ela havia saído na revista tendo apenas 16 anos. Foi, portanto, a primeira menor de idade a ficar pelada em uma revista masculina no Brasil.

- Já a fama de Patrícia Lucchesi é a mais meteórica. Em 1987, aos 11 anos de idade, participou do comercial de 1 minuto e 30 segundos da marca Valisère interpretando uma menina que usava seu primeiro sutiã. Foi capa da revista Playboy em 1994.

- Terceiro filme com a participação do Grupo Dominó. Nesta produção, a boyband canta somente uma música: "Bruta Ansiedade", originalmente do LP Dominó, de 1988.

- Destaque para a atuação impecável do ator José de Abreu. Impossível não esquecer as suas poses de maníaco durante as cenas do julgamento que ele e seus capangas fazem dos Trapalhões e do Grupo Dominó.

- O dono da lanchonete (Alguém sabe o nome deste ator?) teve sua voz dublada por André Luiz "Chapéu", famoso pela voz dos personagens Brutus (Do desenho Popeye) e Sr. Wilson (Do desenho Dennis, o Pimentinha).

- Participação especial da falecida atriz Zezé Macedo e do merchandising da Royal através do personagem Bocão.


- As músicas cantadas pelos Trapalhões no filme foram lançadas pela Phillips no LP "Os Trapalhões - Parque de Diversão", de 1988.

Assista ao vídeo da música "Alegria", composta por Michael Sullivan e Paulo Massadas para o LP "Os Trapalhões - Parque de Diversão"

 


Banner de divulgação (Tamanho 468x63)


© Copyright - Página feita no Brasil - Desde 15 de dezembro de 2008

Melhor visualização em telas de 1280x768